terça-feira, 17 de agosto de 2010

Saudosas barracas

A casa caiu para os comerciantes de barracas de praia. Até o momento já foram derrubadas 98 , entre Amaralina e Piatã. A previsão é de que outras 353 barracas sejam derrubadas na cidade.
Os comerciantes estão com os nervos a flor da pele. Também não era pra menos. A decisão já foi tomada pela justiça. A demolição vai continuar acontecendo, sem apresentação de alternativas para os trabalhadores que ficarão sem o sustento da família.
É mesmo uma falta de vergonha. Uma cidade sem ordenação tende a sacrificar sempre os menos favorecidos. Enquanto isso, velhos prédios continuam desabando por abandono dessa mesma prefeitura. Pense no absurdo! Salvador tem precedência.

3 comentários:

  1. Que absurdo, os trabalhadores sempre se prejudicam aqui no Brasil. Eles vão retirar todas as barracas, as praias ficaram desertas e perigosas. O que eles tinham que fazer era reorganizar isso e manter a preservação da natureza. Desocupados. Beijos. http://onlylari.zip.net/

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Salvador é mesmo uma cidade de paradoxos. Vende uma imagem turística e destrói as barracas da orla marítima sem nada colocar no lugar. Podemos sediar um evento como a Copa?

    ResponderExcluir